Eu vi o indiozinho dançando em roda de mão dadas com outro indiozinho, enquanto muito outros indiozinhos cantavam. Eu vi a índia moça chorar ao se ver tão linda no vídeo. E eu vi um cacique que era só sorriso. Eu vi um gato deitado tranquilo no meio da gente, pois gato de índio não tem medo de gente. São tão gentis os índios. Uma gente especial, mas não digo que sejam gente como a gente. São melhores que a gente. E até os bebês caminhavam, sem estranhar, entre as pessoas estranhas.
Eu me sinto bem feio perto dos índios. Malicioso, ambicioso e um tanto falso. Eu me sinto meio invasor, meio infrator, meio esperto demais. Eu se fosse índio teria muito orgulho. Mas não sei se esse orgulho pomposo é coisa de índio...Acho que coisa de índio é gentileza.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ten Days in Woodbourne

3x4

A Queda do Falcão.