Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2017

A essência.

O amor é tudo o que dói. É tudo o que cura.
  Eu queria amortecer esta pequena angústia antes mesmo de abrir os olhos. Juntei  o que era palpável entre tudo que eu sentia. E tudo o que eu sentia era o amor... desamor, não amor, amor puro, amor lascivo, amor pleno, amor decadente, amor rebelde...    Nos livros de Tolkien, os elfos são seres elevados, sábios, luminosos....os orcs são seres selvagens, cruéis, obscuros. Menciona-se em alguma parte  que os orcs são uma espécie de elfos desgraçados pelo mal.   Assim fazemos com o amor , que é a a base do que somos: o deformamos, o corrompemos. Até ódio é um amor doente. A ganância é o amor por coisas. O vício é o que tenta preencher lacunas que o amor não ocupa. O egoísmo é o amor que não olha para o outro.   Fiquei deitado na cama pensando em qual tipo de amor me dói e como fazer parar de doer.   Percebi que o amor que me dói mais é a saudade. Mas a saudade é apenas a dor de hoje, que me linca com outras dores mais profundas. Sinto sauda…
Dá um constrangimento quando eu percebo que tô mal humorado por besteira: uma louça suja, um sinal fechado, uma crítica... É um absurdo eu me sentir um desgraçado quando não acho uma roupa que sirva, uma comida que eu goste... Quando não tem a marca que eu quero, a vaga que eu uso e a coisa toda do jeito que eu sou acostumado. Sinto uma imensa vergonha por cada dia em que nada me alegra.
A risada mais gostosa que eu vi hoje foi na boca de um mendigo,pois é, tem gente que sorri sem ter nem dentes e daí eu pergunto: " e pra ti, o que falta pra abrir um sorriso?"

MENTE

Eu me forcei este momento seguro enquanto assistia um filme depois do trabalho. Eu tenho estado confuso, me sentindo vazio e meio sem norte, com a sensação de que preciso descansar a mente. A ironia é que a mente, ela nunca descansa ou dorme.
 Li uma vez que ao contrário do que muitos pensam, a gente sonha todas as noites, durante todas as horas do sono. Só não somos capazes de lembrar. Temos toda uma sorte de experiências e sensações inacessíveis, armazenadas no subconsciente. Assim que a mente administra a sua incapacidade de parar: separando o que é útil saber e lembrar do que não é. Pensando agora, acho que toda essa profusão de pensamentos e sentimentos que me vêm em avalanches está intimamente ligada à falta de um sono de qualidade. Honestamente, não me lembro em alguma noite da minha vida adulta que eu tenha dormido profundamente por dez horas consecutivas. Eu pareço não estar dando tempo necessário para minha mente colocar as coisas nas gavetas certas. A mente é uma operária …