Um dia a gente pega  chuva no caminho de casa, mas  não corre... vira o rosto pro céu. Um dia alguém não fecha a janela do ônibus mas ao invés de reclamar a gente fecha os olhos e sente a carícia do vento. Um dia a gente corre até o portão descalço e sente o chão, a grama e a terra... e pensa assustado e feliz no tanto tempo que  não sentia.
   É engraçado que as melhores sensações da vida sejam de graça e estejam acessíveis...mas que a gente as surpreenda mais por acidente do que por escolha!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ten Days in Woodbourne

3x4

A Queda do Falcão.