Das mais belas flores

Se pudessem o lirismo e a poesia
intervirem com doçura nas asperezas
de nossos rudes conflitos em causas
tão inconciliáveis
Eu, ao invés de trocar doídas farpas
em debates estéreis
com quem um dia tive carinho e apreço,
apenas, cantando, encheria o seu cu
com o caule das mais belas flores!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Queda do Falcão.

Maus Perdedores que Somos.